A bebedeira faz parte do trabalho parlamentar?

detido-vfxira-taxa-alcoolemia

 

A deputada Glória Araújo foi interceptada pela Brigada de Trânsito da GNR da conduzir com 2,41 gramas de álcool no sangue o que é crime. Discute-se agora se a imunidade parlamentar lhe dará cobertura juridicamente ou não para este crime. Não conheço a senhora, mas a falta de vergonha ultrapassa tudo. A figura da imunidade parlamentar não se destina a este tipo de situações, mas apenas a garantir que os deputados possam cumprir o mandato para que foram eleitos sem pressões, venham elas de onde vierem, mesmo que seja via judicial. Ora, uma deputada bêbeda não está a cumprir as suas funções parlamentares, que se saiba. E também não está acima da lei. Se tivesse vergonha demitia-se de imediato, honrando assim a instituição parlamentar. Até porque – de acordo com o seu perfil oficial – pertence à Comissão de Ética da Assembleia da República…

About these ads

Deixar uma resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

WordPress.com Logo

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Log Out / Modificar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Log Out / Modificar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Log Out / Modificar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Log Out / Modificar )

Connecting to %s