FMI: inqualificável

size_590_FMI-web

 

A receita do FMI para cortar 4 mil milhões é inqualificável. Propõe despedir 50 mil professores da escola pública, mais cortes nos salários e pensões, aumento das taxas moderadoras e uma lista de outras medidas que apenas aumentam o desemprego e a pobreza. Mas nada a cortar nos privilégios do capital. É indigno. Mas a organização é um fundo monetário, está-se a borrifar para as questões sociais de cada país. O que é ainda mais vergonhoso é o governo lhe ter pedido este relatório e trazer a público algumas das sua medidas mais penalizadoras (ainda por cima escondendo-o do parlamento!), para depois tentar aplicar ao país um que não seja tão radical, fazendo assim o papel de mais moderado. Como sempre, o CDS fará o papel de opositor mas vai acabar por concordar. E lá vamos cantando e rindo, a assistir ao progressivo afundamento de Portugal.

«Se vamos cortar naquilo que são direitos constitucionais das pessoas, como as reformas, os subsídios de desemprego e de doença, vamos arrastar mais essas pessoas para a situação de miséria em que muitas já se encontram. Isso é inadmissível. Estamos já na área daquilo que é o atentado aos direitos humanos», disse Eugénio da Fonseca em entrevista à «Rádio Renascença».

Ao contrário do que dizem alguns comentadores, acho bem que o PS não queira entrar na dança a propor cortes à parva. Esta gente não tem uma ideia de país. São merceeiros de lápis na orelha a fazer contas. Nada sabem de desenvolvimento, de crescimento económico, de sensibilidade e coesão sociais, de dignidade, de cidadania. O governo é um conjunto de incapazes que nunca trabalharam na vida (Passos Coelho, Relvas), de políticos (Portas), de académicos que ali caíram de pára-quedas (Álvaro Santos Pereira, Nuno Crato) e de funcionários de instituições financeiras internacionais (Vitor Gaspar) que vêm cumprir uma agenda alheia.

É tempo de o país acordar e apontar a esta gente a porta da rua. De vez.

About these ads

Deixar uma resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

WordPress.com Logo

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Log Out / Modificar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Log Out / Modificar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Log Out / Modificar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Log Out / Modificar )

Connecting to %s