Ainda as férias

orio_720x300_spa32

 

O ministro-adjunto e dos Assuntos Parlamentares, Miguel Relvas, e os ex-ministros Dias Loureiro e José Luís Arnaut escolheram o luxuoso hotel Copacabana Palace, no Rio, para entrar em 2013.

Cada um passa férias onde quiser e com quem quiser. Mas qualquer político sabe que está sujeito a escrutínio permanente da opinião pública. O facto de Relvas se ter juntado a um indivíduo que está no centro dos crimes do BPN – o banco criado por cavaquistas para lavar dinheiro – diz bem do respeito que tem pelos portugueses. Arnaut não pertence hoje ao governo mas anda a governar-se nos negócios das privatizações, por exemplo, por especial favor deste mesmo executivo.

Até pode ter sido Dias Loureiro a pagar a conta, mas, se assim é, não terão Relvas e Arnaut parado um pouco para pensar que esse podia ser um dinheiro sujo?

PSD incomodado com Carlos Donald Moedas

BC752FA9A542DDA4346850BBD94CFE_h287_w430_m2_q80_cmrKaExBF

 

O presidente da Câmara de Cascais e destacado dirigente do PSD, Carlos Carreiras, pede no Facebook que o secretário de Estado Adjunto do primeiro-ministro, Carlos Moedas, deixe o governo e a política, depois das infelizes declarações a propósito do relatório do FMI. Daqui a pouco o PSD está a pedir a demissão do seu próprio governo. O Carlos Donald Moedas é apenas um peão de Gaspar-Relvas-Passos Coelho.