Arquivo da Categoria: Arte, Educação, Cultura

Não canto para intimidar a noite

92918_Papel-de-Parede-Azul-Abstrato--92918_1280x1024

 

 

Não canto para intimidar a noite

assustar feras imaginárias

canto porque sou a própria canção. Quando a poesia

me borbulha as veias

a voz é um pássaro de fogo

a riscar céus apagados

 

ouço então ao longe

a textura das palavras ditas

no silêncio contido.

 

 

 

© José Brissos-Lino

9/4/14

Deus mandou-nos outra vez (Lea Goldberg)

 

Deus mandou-nos outra vez permanecer fortes

debaixo da terrível árvore da vida.

E no vento negro dos anos estivemos,

golpeados com expectativa:

caso o fruto caísse a nossos pés.

 

Mas nada aconteceu.

E no dia do ajuste de contas secreto

entre ele e nós

vimos uma paisagem distorcida, folhas amareladas que caíam;

e um vento ardente

 

Então disse uma Voz: este é o teu dia de liberdade

isto é tudo. E isto é bom.

 

Agora, havia uma chama de corte frio.

Eu dou apenas

apenas poucos passos,

até alcançar o farol vacilante

na esquina da rua.

 

Lea Goldberg (1911-1970) (Ariel, nº. 20, 1970)

 

 

Tradução para Espanhol: Bar Kójba Málaj

Adaptação para Português: J. Lino

O meu amigo

Ao João Tomás Parreira, amigo e confrade.

 

 

O meu amigo deu hoje mais uma volta ao mundo

plantou mais uma bela árvore

escreveu mais um livro de poemas

fez mais um filho. Todos os dias o meu amigo

viaja num livro

debaixo da sombra de uma árvore encantada

a escrever um poema perfeito

como quem faz um filho

 

mas não se fazem anos todos os dias

amigo.

 

 

© José Brissos-Lino

4/4/14

Em dia de poesia

 

 

Hoje ainda não lancei sobre o papel

aquela parte de mim a que chamam poema

em dia de poesia

ainda não espevitei emoções contidas

fazendo-as saltitar como pedrinhas lançadas

sobre as águas

à espera de vento favorável à navegação

no mar da fantasia. Talvez nem o faça

e deixe então ao dia

a sua própria poesia.

 

 

© José Brissos-Lino

21/3/14

Os limites da nossa percepção do tempo e da História

Talvez a palavra “limitada” seja pesada demais, quase pessimista. Pode ser que o nosso entendimento da linha do tempo, desde a formação do nosso planeta Terra até os dias de hoje, seja “confusa”.

Não que tivesse de ser fácil. Estamos aqui em um pedacinho ínfimo de história, tomados de certeza de que imperamos desde que o mundo é mundo, donos de tudo o que aconteceu e de tudo que há de calhar. Nessa brincadeira, escolhemos — todos nós — pedaços do complexo funcionamento desse tempo e ligamos os pontos mal costurados e levamos.

Com ruído em demasia, com desatenção potente e comunicação falha, fica fácil demais deixar de lado qualquer entendimento sobre tempo e história. Aprendemos coisas na escola, decoramos as informações e jamais colocamos isso em compreensão, nunca mais tentamos juntar as peças. As informações passam a correr soltas e afastadas de nós, da nossa realidade.

É por isso que ficamos impressionados quando curiosidades, dessas que poderiam ser as mais bobinhas da internet, caem como pequenas bombas de noção, quase piadinhas, quase truques que se faz na rua com copos e uma bolinha. Temos, aqui, algumas informações que vão se encaixar e fazer com que possamos ter uma visão um pouco mais de longo alcance.

darth-vader-guilhotina

Star Wars estreou nos cinemas em maio de 1977. A última execução por guilhotina ocorreu em 10 de setembro do mesmo ano, em Marselha.

estegossauro-tiranossauro-rex

Estegosauro viveu há cerca de 150 milhões de anos, enquanto o T-Rex viveu há 65 milhões de anos. O dinossauro grandão e famoso no Jurassic Park foi aparecer só 85 milhões de anos depois do pequenino aí que ninguém conhece, logo, estamos mais perto — na linha do tempo — de um dinossauro do que dois deles que viveram em períodos diferentes.

mamutes-piramides-egito

Enquanto a maioria dos mamutes morreram há 10.000 anos, uma pequena população sobreviveu até 1650 aC. Por esse ponto, o Egito estava a meio caminho de seu império, e as Pirâmides de Gizé já tinham mil anos de idade.

piramides-egito-cleopatra-pizza-hut

As Grandes Pirâmides foram construídas cerca de 2560 aC, enquanto Cleópatra, a última rainha da dinastia Ptolomeu, viveu por volta de 30 aC. A primeira Pizza Hut abriu em 1958. Com isso, ela esteve há mais de 2.500 anos da construção pirâmides e 1988 de um pedaço de pizza.  Uma diferença de pouco mais de 500 anos.

betty-davis-pão

Otto Frederick Rohwedder inventou o pão fatiado em 1928, enquanto a atriz americana Betty White nasceu em 1922. O pão já existia há muito tempo, mas não na forma de pré-cortada.

universidade-harvard-cálculo

Harvard é a mais antiga instituição de ensino superior nos EUA, fundada em 1636. A matéria de cálculo não existia até o final do século 17, com o trabalho de Gottfried Leibniz e Isaac Newton.

John-Tyler-Abrahan-lincoln

Pra se ter ideia, Barack Obama é o 44º presidente americano.

John Tyler foi presidente entre os anos de 1841 e 1845, 20 anos antes de Abraham Lincoln. Ele teve um filho, Lyon, aos 63 anos. Lyon teve dois filhos, Lyon Jr. e Harrison. Ambos ainda estão vivos hoje, na casa dos 80 anos.

imperio-otomano-turquia-warner-brothers

Harry, Albert, Sam e Jack Warner abriram seu primeiro teatro, o Cascade (New Castle, Pensilvânia), em 1903. Enquanto isso, o Império Otomano se estendeu de 1299 a 1923, quando a Turquia se tornou uma nação independente.

universidade-oxford-civilização-azteca

O ensino começou em Oxford, já em 1096 e, por 1249, a Universidade foi fundada oficialmente. A civilização Asteca como a conhecemos começou com a fundação de Tenochtitlán, em 1325.

10

Em 1906, Santos Dummont voou com sucesso (desculpa, irmãos Wright). Depois, em 1941, os japoneses usavam o ​​voo para bombardear Pearl Harbor.

Apenas 28 anos depois, a Apollo 11 pousou na Lua em 1969.

12(1)

A espécie humana tem vivido na Terra há apenas 0,004% da história do planeta.

Se tudo isso não for o bastante, é isso o que está acontecendo no mundo nesse momento

19fzwfvlju2qqgif

Esta animação brilhante é do artista XKCD, que mostra que coisas estão acontecendo enquanto lemos esse artigo. Não temos noção do tempo até ele se mostrar diante de nossos olhos.

As informações foram tiradas do site Distractfy, com checagens minhas da veracidade das informações. Já as lindas imagens (tirando a última, já creditada) são do Felipe Franco, o talento da casa.

 

Fonte: Pavablog.

Dez vezes em que Os Simpsons previram o futuro de forma surpreendente

Hoje iremos mostrar uma lista com coincidências (ou não) parecidas que aconteceram em alguns episódios do seriado Os Simpsons. Sim, é mais estranho do que parece, e você vai concordar comigo. Confira a seguir 10 surpreendentes previsões (ou coincidências) encontradas em episódios dos Simpsons:

1. Uma câmera GoPro

simpsons-previsoes-futuro_1

No episódio “Homer e Apu” de 1994, um programa de notícias investigativo pede para Homer vestir um chapéu equipado com uma câmera para flagrar Apu vendendo comida estragada do Kwik-E-Mart. Vinte anos depois, as câmeras GoPro estão entre nós.


2. Smartwatches

simpsons-previsoes-futuro_2

Em “O Casamento de Lisa”, um episódio futurista que rolou em 1995, o noivo de Lisa faz uma chamada telefônica a partir de seu relógio de pulso. Dezenove anos depois, a tecnologia “vestível” começa a aparecer com o lançamento do Samsung Galaxy Gear e o Pebble.


3. Bolos impressos em 3D

simpsons-previsoes-futuro_3

No episódio “Drama-Futuro” de 2005, Marge pega uma câmera e fotografa Bart e Lisa, na noite de seu baile de formatura. A imagem aparentemente normal da Polaroid cresce rapidamente e se transforma em um bolo com Bart e Lisa estampados na parte de cima dele. Nove anos mais tarde, alimentos impressos em impressoras 3D começam a ser discutidos em grandes convenções tecnologia.


4. Selfies

simpsons-previsoes-futuro_4

Selfies já existem faz tempo, mas não há tanto tempo assim, e nunca se fala tanto neles quanto atualmente. No episódio “Vocações separadas” de 1992, Bart captura um selfie no espelho além de fotos incriminadoras de Homer devorando um bolo de chocolate que a Marge fez.


5. Espionagem da NSA

simpsons-previsoes-futuro_5

Nesta cena do filme do Simpsons de 2007, Marge, Lisa e Bart estão fugindo e conversam em um trem enquanto tentam resgatar Springfield da destruição. Na conversa deles dentro do trem, Lisa avisa aos dois para não falarem alto, para terem cuidado a a altura da voz pois alguém poderia estar espionando eles. Marge garante a Lisa que ninguém do governo poderia os escutar ali, momentos após surge uma cena que sugere que a NSA estaria de fato espionando o que eles estão dizendo, já planejando prendê-los logo após.


6. A lenta dominação do mundo pela Google

simpsons-previsoes-futuro_6

No episódio futurista “Feriados de um Futuro Passado,” Lisa admite que embora o Google tenha escravizado metade do mundo, “é ainda um motor de busca extremamente excelente.” Embora a Google (ainda) não tenha conseguido dominar o mundo, está certamente tentando se infiltrar em quase todos os aspectos de nossas vidas. Ou você ainda acha que estas propagandas do Google que exibem exatamente as coisas que você gosta (que inclusive aparecem aí na lateral do nossoblog) são mera coincidência?


7. Corretores ortográficos

simpsons-previsoes-futuro_7

No episódio “Lisa no gelo” de 1994, o valentão da escola Dolph tenta fazer uma anotação em seu Newton da Apple, escrevendo: “Beat up, Martin.” Após escrever a nota, ele acaba se desapontando ao descobrir que o dispositivo mudou automaticamente seu recado para “Eat Up, Martha.” Hoje em dia o corretor ortográfico do iPhone pode ser de grande ajuda, mas também é um implacável causador de mal entendidos.


8. Videoconferências

simpsons-previsoes-futuro_8

Novamente no episódio futurista “O casamento de Lisa,” de 1995, Lisa e Marge conversam em um telefone antigo com um mini display integrado, características evidentes das videoconferências que temos hoje em dia.


9. Escutas telefônicas da NSA

simpsons-previsoes-futuro_9

No episódio de 1997 “El Viaje Misterioso de Nuestro Jomer (A misteriosa viagem de Homer)”, uma cena mostra um corte entre a sala e o quarto no andar de cima da casa deles. O curioso é que entre os dois ambientes, no assoalho, há fios de escuta telefônica marcados com as etiquetas da NSA, FBI e da CIA.


10. Tradutor de choro de bebês

simpsons-previsoes-futuro_10

Fonte: Cine Racional, via Pavablog.

Noite

Fugacidade

 

 

 

Ei-lo que vai progredindo na noite

lentamente

entre ruídos cavos e longínquos

o homem na cidade

 

veste-se de uma indiferença herdada

caminha vacilante nos seus macios sapatos de sombra

entre focos de luxúria e vómito

 

a calma das trevas tranquiliza-o

entorpece-o aquela velha amargura

bordada de pontinhos de luz

ou mesmo o álcool

e a fugacidade das sensações

desperdícios de vida breve que o dia atirou fora

na ansiedade de todos os crepúsculos

junto com fluídos biliares

e o mal nosso de cada dia.

 

 

 

© José Brissos-Lino

5/3/14

Celebridades modernas em forma de pinturas neoclássicas

O artista decidiu retomar a obra do pintor inglês George Dawe, que pintou 329 retratos de generais russos durante a invasão de Napoleão. O projeto consiste em atualizar as pinturas, substituindo a liderança militar da época por celebridades do século XX.

Bill Murray.

Clint Eastwood.

David Bowie.

Elvis Presley.

Leonardo DiCaprio.

Jean Claude Van Damme.

Bob Dylan.

Brad Pitt.

Bruce Willis.

Chuck Norris.

Eddy Murphy.

Hugh Jackman.

Iggy Pop.

Matt Damon.

Keith Richards.

Will Smith.

Will I Am.

Sylvester Stallone.

Samuel L. Jackson.

Robert Downey Jr.

Patrick Swayze.

Mr. T.

Michael Jackson.

Dave Grohl.

Franck Zappa.

Alan Rickman.

Mickey Rourke.

Dwayne Johnson.

John Cena.

George Lucas.

Gary Barlow.

Jet Li.

Michael Clarke Duncan.

Neil Armstrong.

Ricky Gervais.

Sir Chris Hoy.

Simon Pegg.

Sir Tom Jones.

Tom Selleck.

 

Fonte:  Fubiz, via Pavablog.

Da simbólica do naufrágio em Homero, São Lucas e Camões

 

As literaturas mediterrânicas antigas convergem pelo menos num ponto, as viagens marítimas e os inevitáveis naufrágios. No caso português há até uma História Trágico-Marítima (1), isto é, uma história dos naufrágios, a condizer perfeitamente com o Portugal das caravelas e dos Descobrimentos, entre muitos outros escritos de navegações. A vocação marítima desta pequena faixa plantada à beira-mar, com os castelhanos nas costas, só podia arriscar-se às aventuras no Atlântico, de início, e depois, dobrado o cabo austral, por esses mares desconhecidos fora.

Ler o artigo completo aqui.

Um estudo sobre a Inquisição na Vila de Setúbal (1536-1650)

 

A presente dissertação estuda a acção do tribunal inquisitorial de Lisboa na Vila de Setúbal entre os anos de 1536 e 1650. Estabelece, em primeiro lugar, os contextos mental, temporal e geográfico que enquadram os factos estudados, bem como a conjuntura religiosa, política e social que constitui o seu pano de fundo.
Com base nos processos inquisitoriais abertos aos moradores de Setúbal durante este período, e na Visitação do Santo Ofício à Vila em 1618, procura-se descrever em que moldes se efectiva a presença do Tribunal da Inquisição de Lisboa na Vila  Setubalense. A máquina inquisitorial, os indivíduos processados em si, são alvo de  profunda análise, bem como as estratégias utilizadas pelo tribunal do Santo Ofício de Lisboa nesta fracção do seu distrito inquisitorial.
tribunal do Santo Ofício de Lisboa nesta fracção do seu distrito inquisitorial.

Documento Integral

Autora: Raquel Patriarca

Fonte: Setúbal Digital.

As cores da cidade

As cores que dão charme e beleza às cidades ao redor do mundo. Cidades coloridas oferecem uma atmosfera divertida e descontraída. As cores, intensas ou em tom pastel, se alteram a cada esquina, a cada muro, a cada casa. O resultado é um extraordinário impacto visual, fazendo destas cidades verdadeiras paletas urbanas.

Pelourinho, Salvador, Brazil 3865011697_f3004e1146_b.jpg Jota Freitas

Manarola – Cinque Terre, Italy 2440964623_bfc4c9e091_z.jpg Robert Crum

Copenhagen, Denmark 29_zzzzzz.jpg Rob Warde

Tobermory, Scotland 6829843375_6984671de5_z.jpg Baccah

Bo-Kaap – Cape Town, South Africa 1732088490_33abdaf5ba_z.jpg Mansir Petrie

Punda, Willemstad, Netherlands Antilles 357444095_b71d1a2092_z.jpg Jessica Bee

Valparaiso, Chile 6935780737_73f8fd0d4b_z.jpg fel_becerra

Jodhpur – India 6597864_dd869679d1_z.jpg soylentgreen23

Guanajuato, Mexico 1642678059_b6f6122a0e_z.jpg Teseum

Reykjavik, Iceland 6892404183_8b28c736a4_z.jpg d.aniela

Portofino – Italy 6378233661_ca0d8fa95d_z.jpg d.aniela

La Boca, Buenos Aires, Argentina 3661687479_1644ac692a_b.jpg Beachcomber Pete

Aveiro, Portugal 1336897108_dd54411f41_z.jpg Piggy Forever

Kulusuk, Greenland 198385865_8c160cbb6c_z.jpg wili_hybrid

Bergen – Norway 6957099377_7da0eb2cc0_z.jpg jaloisiosoares

Wroclaw, Poland 6510221923_43341a1d63_z.jpg OOGNET

Tiranë, Albania 540541113_267a3a18ce_z.jpg davduf

Zacatecas, Mexico 2693893739_ff4ea23921_z.jpg Carlows

New Orleans, USA tumblr_m0hile3Awm1qhr38go1_1280.jpg JustinMcc

Fonte: Obvious.

Às vezes tenho vergonha

 

Fernando Tordo interpreta “Estrela da Tarde” no concerto comemorativo dos 43 anos de carreira do cantor, em 2008, e transmitido pela RTP1 a 3 de Janeiro de 2011. Um concerto memorável dirigido pelo meu amigo maestro Pedro Duarte.

Sim, em certos dias tenho vergonha do meu país. Vergonha do seu funcionamento, dos vendidos que o dirigem e estão a destruir aos poucos.

Vem isto a propósito da saída de mais um emigrante português, o cantor e compositor Fernando Tordo.

Posso compreender aqueles que acham estar-se a dar uma exagerada ênfase mediática a este caso, só por ser uma figura pública. Claro que tenho ainda mais pena dos anónimos que se vão sujeitar a qualquer coisa, sabe-se lá aonde.

Muitos amigos meus, de todas as idades, foram forçados a emigrar para África, Brasil, Europa e países árabes. Apesar de tudo Fernando Tordo tinha um posto de trabalho interessante à espera, mas a maioria nem isso.

Todavia há uma diferença entre um ilustre desconhecido e uma personalidade da cultura como o cantor e compositor. É que uma parte do país parte com ele. Uma personalidade destas representa uma parte da nossa cultura e imaginário colectivo.

São dele e do Ary algumas das mais belas canções da segunda metade do século vinte. É deles também a “Tourada”, com que tourearam o antigo regime, já podre, à beira de cair. Talvez por isso se leiam umas quantas enormidades nas redes sociais, a propósito desta situação.

Ou talvez apenas devido à velha inveja social que continua a corroer a alma portuguesa.

O violinista não tem Parkinson

 

 

 

O violinista não tem Parkinson

replicou minha mãe

a estes meus olhos

inquiridores

pelo incómodo da sugestão

tola

 

não tenho culpa, ao ver tremer

com ousada convicção

a mão esquerda do virtuoso

sobre o braço do instrumento

ao tocar uma melodia de Gluck

foi o que ocorreu

no momento

 

uma criança deve preocupar-se

com coisas como

a saúde dos mais velhos.

 

 

(c) José Brissos-Lino (Do livro “Vestígios de azul e outros poemas”, no prelo)

 

 

 

 

 

 

 

 

A justiça hebraica face ao ethos abraâmico

 

Muitos se debruçaram já sobre o sentido de justiça de Deus, o qual é descrito pelo Antigo Testamento como “o juiz de toda a terra” (1), e sobretudo sobre a justiça entre os homens (ou a ausência dela), não faltando aqueles que vacilam entre negar a existência de Deus e atribuir-lhe a responsabilidade por todos os males do mundo dos homens.

Interessa-nos aqui, porém, reflectir sobre o sentido de justiça do patriarca Abraão, o indivíduo que Deus foi buscar à Caldeia e em quem apostou para lhe dar um novo rumo, uma descendência numerosa, uma terra farta e uma revelação pessoal de Si mesmo enquanto Deus único e verdadeiro, por contraste com os deuses pagãos mesopotâmicos.

Ler o artigo completo aqui.