Arquivo da categoria: Arte, Educação, Cultura

Silêncio

intuição

 

não passam por lá
pequenos animais
nem elefantes
e é sombrio, tétrico, mudo

um estilhaço do céu
um pequeno nada
cheio de esquinas agrestes
pé ante pé
até chegar à lua

retrai-se no desejo
da boca emoldurada
de um pequeno ser dentro de nós

o amor ausente,
o grito calado

a alta frequência
do coração

 

Manuel Adriano Rodrigues
30/04/12

Uma arte peculiar

sagaki-5-600x444

O Artísta Sagaki Keita nasceu em 1984 e mora em Toquio. O Artísta utiliza suas ilustrações grandes para preencher com milhares de carácteres lunáticos os espaços em branco, detalhando perfeitamente ilustrações dentro de outras.

Adoramos a idéia, ficou parecendo até uns recursos já pré-definidos pelo photoshop, só que é claro, com muito mais trabalho e credibilidade para faze-lo.

Confira as artes de Sagaki Keita.

sagaki-7-600x450

sagaki-6-600x397

sagaki-4

sagaki-2-600x448

sagaki-1

sagaki-8-600x446

 

sagaki-3-600x447

monalisa-detail3-600x369

brutus-detail3-600x451

sagaki-9-600x408Fonte: Ideia Fixa, via Pavablog.

Hoje é dia de fazer anos

digitalizar0001

O autor, com quatro anos.

 

 

Hoje é dia de fazer anos

como todos os outros

de fazer semanas

e meses

e dias

é dia de arrumar as memórias

e colher as melhores rosas

no jardim do tempo

 

E depois descansar

à sombra da árvore

das emoções.

 

 

José Brissos-Lino

4/4/11 (Poema inicialmente dedicado ao meu querido amigo poeta J.T.Parreira, no dia do seu aniversário, e que hoje recupero para dedicar a mim próprio.) 

A polémica restauração da mais antiga pirâmide do Egipto

Pirâmide-detonada

 

 

Saqqara, no Egito, é o complexo de pedra mais antigo construído por humanos – e nele fica a pirâmide mais antiga do Egito. É uma peça insubstituível da história que vem se degradando há 4600 anos. De acordo com um relatório local, no momento ela está sendo destruída pela empresa contratada para “restaurá-la”.

Na realidade, a empresa contratada pelo Ministério de Antiguidades do Egito pode ter cometido um crime na restauração. Segundo o Egypt Independent, leis de preservação exigem que qualquer nova construção não substitua mais de 5% da estrutura original. A empresa, que segundo relatos nunca havia feito uma restauração (!), construiu um punhado de novas paredes e estruturas que excedem esse limite.

Ok, talvez isso não seja tão grave. Afinal, paredes podem ser derrubadas. Mas segundo ativistas ouvidos pelo Egypt Independent, a nova construção está contribuindo para o colapso da pirâmide, que é considerada a estrutura feita em pedra mais antiga do planeta.

Em 1992, um grande terremoto abalou a região e quase destruiu a pirâmide. Ele fez com que toneladas de pedras caíssem no chão e o topo da pirâmide ficou com um buraco em forma de domo, nas palavras do arqueologista Peter James, que diz que ela “pode cair a qualquer momento”.

 

 

Na época, a empresa de James instalou um engenhoso suporte em formato de balão chamado WaterWall. “O produto de PVC reforçado internamente pode ser inflado por ar e então preenchido com água”, escreve James. “Foi esse produto que usamos para suportar o domo invertido de pedra”. O sistema funcionou bem e, com o tempo, especialistas em restauração planejaram instalar hastes de aço para fortalecer a pirâmide permanentemente.

Mas o financiamento acabou. E continua escasso, aparentemente, com a instabilidade sociopolítica que se instaurou no Egito. A empresa que foi contratada para continuar o serviço nunca atuou na restauração de uma estrutura arcaica — na verdade, nunca terminou um projeto sequer. Falando ao Al-Masry Al-Youm, com tradução do Egypt Independent, um defensor disse que a empresa é responsável direta pelo colapso de uma parte da estrutura.

Trata-se de uma situação triste e, infelizmente, recorrente na história. Com sorte, porém, uma estrutura que sobreviveu aos últimos 4600 anos conseguirá sair dessa também.

 

Fonte: GizModo, via Pavablog.

Palavras perdidas (1383)

“Uma coisa bem natural: querer saber como se relacionou Jesus com a sexualidade. Uma questão que foi por séculos tabu. Até metia medo pensar nisso. Por um lado, afirmava-se que Jesus é verdadeiramente homem, mas, logo a seguir, nem pensar em sexo quando se falava dele. Praticava-se o docetismo, uma heresia que afirmava que Jesus tinha aparência de homem, mas, verdadeiramente, era outra coisa: apenas parecia um homem.”

(Anselmo Borges, DN)

A criação dos bichos

O ilustrador Ricardo Solis imaginou a criação dos animais e de seus padrões e cores de pele de uma forma lúdica e fantasiosa – e transformou tudo em ilustração.

Ricardo Solis nasceu em Guadalajara, México. Desde jovem Ricardo se sentia atraído pela a arte e pela natureza. Agora, como um artista profissional, ele tenta expressar em sua obra a beleza e a perfeição de ambos, juntamente com sua crença na existência de um criador.

Ricardo vive atualmente em Guadalajara com sua esposa e quatro filhos, que eles ensinam em casa.

Ricardo-Solis-animal-paintings-12Ricardo-Solis-animal-paintings-3Ricardo-Solis-animal-paintings-14Ricardo-Solis-animal-paintings-1Ricardo-Solis-animal-paintings-2Ricardo-Solis-animal-paintings-4Ricardo-Solis-animal-paintings-7Ricardo-Solis-animal-paintings-8Ricardo-Solis-animal-paintings-9Ricardo-Solis-animal-paintings-10Ricardo-Solis-animal-paintings-13Ricardo-Solis-animal-paintings-11Ricardo-Solis-animal-paintings-6Ricardo-Solis-animal-paintings-5

 

Fonte:  IdeaFixa, via Pavablog.