O aconchego do azul

Não há montanhas intransponíveis
os socalcos da vida abrem
oportunidades diversas
à transposição dos espaços e dos medos
o verde é que nos guia
em direcção a uma nuvem baixa
chamada Esperança
no aconchego do azul.


Palmela, Maio de 2008

© Brissos Lino

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s