Palavras perdidas (1149)

“Chamamos “memorando de entendimento” a um ultimato travestido de programa de governo que nos foi imposto pelos credores internacionais (representados pela troika). Trata-se de um ultimato que introduz mudanças radicais no nosso modelo de sociedade, que nunca foram discutidas em eleições nem debatidas seriamente no Parlamento. Chamamos “ajuda internacional” a um empréstimo de 78 mil milhões de euros, provenientes de uma União a que pertencemos, ao lado de países amigos e aliados, mas que pratica uma taxa de juro muito superior e condições muito mais duras do que, por exemplo, as que os EUA aplicaram aos inimigos vencidos na II Guerra Mundial.”

(Viriato Soromenho Marques, DN)

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s