Factos são factos

 

Costa acusou e o jornal Público comprova e vai mais além. Se Passos Coelho deixar de ser primeiro-ministro após as eleições, tornar-se-à no primeiro, desde pelo menos 1976, a registar uma quebra no PIB durante o seu mandato. Ou seja, a deixar o país mais pobre do que quando o encontrou. É que António Costa comparou apenas com os governos da república desde Guterres, mas o Público vai até 1976, ao I Governo Constitucional, presidido por Mário Soares.

Mas o mais triste disto tudo é que o empobrecimento do país terá sido intencional, segundo as palavras do próprio Passos Coelho… Ele achava que primeiro devia destruir para depois construir. Como se vê, falhou redondamente.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s