400 anos de D. Quixote

Foto 1

 

A obra-prima de Cervantes, publicada há 400 anos, mantém-se como um monumento universal da literatura em castelhano. O segredo do sucesso estará na figura singular dum patético cavaleiro e seu pajem.

Milan Kundera debruça-se sobre D. Quixote em A Arte do Romance e questiona: “O que significa o grande romance de Cervantes? […] Há quem pretenda ver nele a crítica racionalista ao idealismo confuso de D. Quixote. Outros vêm nele a exaltação desse mesmo idealismo. Ambas as interpretações estão equivocadas, pois pretendem encontrar na raiz do romance não uma interrogação mas um parti pris moral”.

O que Cervantes pretende é revelar “o mundo como ambiguidade” e confrontar o leitor “não com uma verdade absoluta mas como um emaranhado de verdades que se contradizem”, em linha com a perspectiva do escritor Jim Thompson, que defendia que, sob a profusão de episódios rocambolescos e reviravoltas inesperadas, só há um tema em D. Quixote: “as coisas não são o que parecem”.

A leitura da obra não requer conhecimentos literários aprofundados sobre clássicos ou romances de cavalaria medieval, mas vai para lá dum exercício ligeiro de entretenimento, pois implica a capacidade de aceitar “a relatividade essencial das coisas humanas” (Kundera).

Nota-se claramente a insistente dificuldade com que D. Quixote encara a realidade, justificando sempre a sua loucura com interpretações delirantes e justificando os seus equívocos com “manipulações de nigromantes e encantadores, sugerindo mesmo que ele é o único que vê o mundo como ele realmente é, e que os outros é que são vítima de ilusões”.

Embora a obra satirize os romances de cavalaria, a verdade é que há nela uma sabedoria e um sentido de justiça muito presentes.

Durante estes quatro séculos D. Quixote soube suscitar a atenção de inúmeros artistas, que o ilustraram, de Gustavo Doré, a Dali, de Lima de Freitas a Coypel, de Chodowiecki a Thomas Stothard ou Honoré Daumier.

 

Fonte: JB-L, página cultural LUZES E SOMBRAS, jornal “O Setubalense”, 25/11/15.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s