Os pioneiros

Não é o descanso que chega, depois do mar
ter galgado a amurada, é outra coisa
um quarto onde o crescimento dos filhos
se comparte, o pão amassado com fervor
nas mãos que se amparam contra o vento
das montanhas, é o sabor de uma lareira
no ar frio, perto do rio que nasça com o sol
é também o território moral dos índios
e Deus calçando os nossos pés com peles de alce.

11-12-2015
© João Tomaz Parreira

Foto de João Tomaz Parreira.

 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s