Cultura e terrorismo

foto 1

 

A maturidade cultural é que poderá levar as pessoas a fugirem dos fundamentalismos. De facto, a Cultura não pode parar, em especial quando é ameaçada pela intolerância e o terrorismo. Pelo contrário.

Uma das reacções mais eloquentes ao acto terrorista dos jihadistas islâmicos em Paris foi a decisão do conceituado director e encenador luso-francês Emmanuel Demarcy-Mota (filho do autor francês de teatro Richard Demarcy e da atriz portuguesa Teresa Mota), em mobilizar os agentes culturais parisienses no sentido de manter a todo o custo os espectáculos em cena. Dois dias depois da tragédia, as suas salas abriam com segurança reforçada.

A filosofia do encenador é que os agentes culturais não podem parar: “Não podemos parar, a cultura, que foi visada pelos terroristas, tem de estar na primeira linha do combate contra os fundamentalismos, para favorecer o diálogo entre os povos, para as pessoas continuarem a sonhar, para garantir a democracia cultural e lutar pela liberdade de movimento de todos, para, sem autocensura, realizar o futuro; não se pode ficar à espera, a vida tem de renascer, como renasce sempre, mesmo nos lugares mais perigosos do planeta, Paris não é o único sítio onde acontecem atrocidades como esta”.

Paulo Mendes Pinto, director da área de Ciência das Religiões (FCSEA/ Universidade Lusófona) considera que as religiões monoteístas apresentam uma tendência exclusivista que não convive bem com o princípio da tolerância: “Nós passámos os últimos dois milhares de anos a matarmo-nos uns aos outros (NR: até mesmo dentro de cada religião, como se vê pelo presente conflito sunita-xiita). A crença monoteísta apresenta-se como uma verdade inquestionável, que convive, com muita dificuldade, com o outro. Muito facilmente surgem fundamentalismos. Mas acho que hoje em dia já devíamos ter uma maturidade cultural que nos obrigasse a fugir dessa visão um pouco mais primária das coisas.”  JB-L

 

Fonte: Página cultural LUZES E SOMBRAS, O Setubalense, 27/01/16. 

 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s