Barco morto II

 

Barco velho (Xana) (2)

 

Cadáver adiado

de borco

em chão duro talhado na dor

nas margens dum rio de vida

navega nas águas da memória. Como pano velho

dilacerado pelos dias maus

dói-lhe o sol no dorso

e a secura nas entranhas.

 

 

José Brissos-Lino

16/2/16

 

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s