Barroso: dificuldades com a verdade


Jorge Sampaio era Presidente da República e Durão Barroso era primeiro-ministro em 2003, quando se realizou a Cimeira das Lajes, que levou à invasão do Iraque. PATRICIA DE MELO MOREIRA.

 

Em entrevista ao Expresso de ontem Durão Barroso tentou retocar a sua imagem política para a História, procurando disfarçar a página porventura mais negra da sua carreira de homem público: a cimeira das Lajes, que desencadeou a guerra do Iraque e toda a miséria dela decorrente, incluindo o Daesh.

Para se limpar afirmou que o presidente da altura tinha concordado com a referida cimeira, supostamente dando cobertura para a invasão do Iraque, com base em provas falsas, como se sabe. Acontece que Jorge Sampaio vem hoje esclarecer a situação, deixando a nu a mentira da afirmação de Barroso.

A questão que se coloca é esta: porque razão os políticos mentem tanto e com tanto descaramento?

 

Anúncios

4 comentários a “Barroso: dificuldades com a verdade”

  1. !º A invasão do Iraque deveu-se á invasão deste no pleno abuso do direito internacional do Koweit e a acção foi sob a bandeira das Nacões Unidas, 2º é estranho esta célere resposta de um doente cujo estado de saúde lhe não permitiu estar presente em por exemplo o último cobnselho de Estado, é portanto mentira que Sampaio afirme isso.

  2. Está a fazer uma grande confusão, meu caro. Estamos a falar da 2ª. invasão do Iraque, que nada tem que ver com o Koweit, e que foi desencadeada à revelia das Nações Unidas, com base em falsas alegações de armas de destruição maciça no Iraque. Sampaio sempre foi contra a invasão (esta) do Iraque, não mudou de opinião agora.

  3. Informe-se melhor, por favor. Segundo a Constituição do país a condução da política externa compete ao governo e não à presidência da república, como Barroso terá feito questão de sublinhar ao PR na altura. Por outro lado Jorge Sampaio opôs-se ao envio de tropas para o Iraque, pois aí tinha uma palavra a dizer como comandante supremo das FA. Por isso não houve tropas portuguesas nesse conflito.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s