As pessoas primeiro (também no desporto)

Viveram-se momentos de pânico nos Barreiros por causa de Maurício

Com todo o clima e as incidências à volta do jogo, foram muito poucos os que se lembraram de Maurício, o atleta do Marítimo que caiu inanimado no relvado com um traumatismo crânio-encefálico, mas que felizmente parece estar bem. Com tanta conversa que os jornalistas dedicam ao futebol jogado fora das quatro linhas poucos se lembram que chamamos a “essa coisa” desporto… e que as pessoas são infinitamente mais importantes do que as “malas”, as transferências e as arbitragens.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s