Discurso sobre a água viva (inédito)

1024px-Angelika_Kauffmann_-_Christus_und_die_Samariterin_am_Brunnen_-1796

Angelika Kauffmann-Christus und die Samariterin am Brunnen, 1796.

 

 

Quero nomear-te e a única coisa que sei

Do teu nome é o meio-dia e o peso

Do sol sobre a ânfora

Do teu corpo, sobre a tua cabeça

Como um lençol de luz, quando procuras

Apenas  a sombra

A única coisa que sei, quando te nomeio

Formosa mulher de Samaria

É a força nas tuas mãos quando levantas a água

É a antiga submissão de fêmea

Que canta o cântico plangente da sua vida.

 

05-07-2016

© João Tomaz Parreira 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s