Palavras perdidas (1239)

“Entretanto, o líder do Partido Liberal Democrata britânico considerou que, com a nomeação de Johnson, Theresa May “perdeu a sua credibilidade apenas 90 minutos depois de se ter tornado primeira-ministra”. Tim Farron declarou mesmo que a decisão indica que May não está a encarar “com seriedade” as negociações para os acordos com a Europa e com o resto do mundo.

O comunicado do partido recordou as declarações de Johnson fez durante a campanha para o referendo, nas quais comparou os líderes da União Europeia aos nazis, ao mesmo tempo que se referiu ao Presidente Barack Obama como “parcialmente queniano”. “Eu não acredito que Boris Johnson vai agora ser a pessoa a representar a Grã-Bretanha no estrangeiro (…) Presumivelmente, o primeiro ato de Boris Johnson como ministro dos Negócios Estrangeiros será pedir desculpas ao Presidente dos Estados Unidos, e depois aos líderes dos nossos parceiros europeus”, referiu Farron.”

(Alexandre Costa, Expresso)

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s