Do alto do meu castelo

IMG_0750

O autor no castelo de Sines.

 

 

Aos Erdogans desta vida.

 

 

Do alto do meu castelo

aceno ao povoléu

magnânimo

paternalista

mesmo que a praça esteja vazia

importa a propaganda

 

do alto do meu castelo

ouço os súbditos a gritar

de entusiasmo (ou serão as gaivotas

a riscar o azul imenso e limpo

lá no alto?)

 

até as gaivotas precisam sentir

que a minha mão protectora está ali

por elas

nem que seja para lhes torcer

o pescoço

num acto de evidente caridade.

 

Claro.

 

 

José Brissos-Lino

28/8/16

1 comentário a “Do alto do meu castelo”

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s