Socorro!

dt

 

Hoje toma posse como presidente do país (ainda) mais poderoso do mundo um verdadeiro incendiário.

Donald Trump consegue conciliar em si o pior dos piores. Tem um Berlusconi dentro de si pelo facto de ser desrespeitoso com as mulheres e doidivanas. Tem um Mugabe dentro de si pelo facto de se revelar racista, em particular contra mexicanos (que diz serem violadores e assassinos), muçulmanos (que considera terroristas a quem se justifica aplicar a tortura) e estrangeiros em geral, esquecendo que a sua mulher é imigrante e que os únicos verdadeiros nativos americanos são mesmo os índios. Tem ainda um Duterte dentro de si, por advogar a violência à margem da lei.

Hitler nunca enganou ninguém. O Mein Kampf foi escrito na prisão, depois de conspirar contra o estado alemão, e revela abertamente o seu ódio aos judeus, aos comunistas e o seu ressentimento contra a França, decorrente da Grande Guerra. Trump também não tem andado a enganar ninguém. Ele insulta mulheres, portadores de deficiência, heróis de guerra, antigos combatentes vivos e mortos, jornalistas, estrangeiros, refugiados e adversários políticos.

Até aqueles que, talvez por não conseguirem acreditar que estivesse a falar a sério quando dizia as maiores alarvidades em campanha, mas apenas a compor uma personagem política para consumo eleitoral, já estão a acreditar que o homem é mesmo assim e começam a temer o pior.

Está a constituir um governo que parece uma quadrilha, composta por milionários, militares aventureiros, racistas e familiares. O nepotismo impera. Se ele pudesse transferia a Casa Branca para a Trump Tower.

Há diversos casos de presidentes feitos pela televisão (como Marcelo), em programas de comentário político, ou no cinema (como Reagan), mas no caso presente a figura foi construída por programas de entretenimento de gosto duvidoso.

Neste tempo de completa incerteza sobre o futuro desta Administração, há apenas um dado seguro. Trump é um dom do céu para humoristas, cartoonistas e tablóides. Aqui ficam algumas pérolas saídas da boca da personagem: – “Mostrem-me alguém sem ego e eu mostrar-vos-ei um perdedor”. – “Parte da minha beleza vem do facto de eu ser muito rico”. – “Sabes, desde que tenhas um lindo e jovem rabiosque, pouco interessa o que a comunicação social escreve sobre ti”. – “O conceito de aquecimento global foi criado pelos, e para, os chineses de forma a retirar competitividade à indústria norte-americana”. – “Tenho tipos negros a contarem-me o dinheiro… odeio isso”. – “Sou muito inteligente. Algumas pessoas dirão que sou muito, muito, muito inteligente”. – “Às vezes pagam-me para ser um pouco selvagem”. – “Arianna Huffington é uma cadela”. – “Elas deixam-te fazer isso. Podes fazer o que quiseres. ‘Grab ’em by the pussy”.

God bless América.

 

Fonte: José Brissos-Lino, O Setubalense, 20/1/17.

 

 

Advertisements

2 comentários a “Socorro!”

  1. Você já ouviu falar do rei Ciro da Pérsia no AT – do carácter dele… no entanto Deus o chama de ” meu servo”. Trump, no entanto foi eleito presidente do EUA não foi eleito +para ser pastor ou diácono de alguma igreja – quem somos nós para dizer, que este ou esta não presta segundo nossos critérios de moralidade – imagino que Obama ou Clinton seria mais qualificado para si – estes são pró-LGTB, pró-aborto, pró-casamento gay e tantos prós… – quer dizer, estes serviriam melhor a nação americana e os interesses dos evangélicos. Quanto ao mais fique na paz.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s