Arquivo da categoria: Arte, Educação, Cultura

Carta de amor de uma terra impossível

Kramskoi_Christ (2).jpg

Ivan Kramskoi

 

Na hora em que o sol começa a correr e cobre

Todos os ângulos da terra, no deserto

É de onde vos escrevo esta carta de amor

Aqui neste deserto

Vejo um profundo e maravilhoso céu azul

Comecei por atravessar o vazio da fome

Até aqui jamais o pão faltou, agora as pedras

Estéreis estão no meu caminho, longe das luzes

De Jerusalém ainda, os meus braços e as mãos

Apoiam o meu rosto quando oro pela preparação

Do meu árduo trabalho para vós, mundo

Podia recuar, pedir uma escada para o céu

Como Jacob no sonho, mas aqui no deserto

Começo a preparar-me para deixar a vontade

Própria nas mãos do Pai, começo a caminhar

Para a dor do Gólgota. Nem o píncaro do templo

Nem os reinos da terra me apelam.

 

20/01/2018

© João Tomaz Parreira

Anúncios